31 de ago de 2009

Uma página para álbum Twitterencontro

Alinhar ao centro
Fiz esta página para o Twiiter Encontro que acontecerá na Canção Nova em Dezembro. Usei as técnicas de distress, papeis de scrapbook ,enfeites ,flores , e fitas. Mudei o estilo das páginas do Álbum por que gosto muito de Vintage Distress, e não é um estilo que agrada a todos. Espero que gostem . Acho que vou fazer outra para o Álbum seguindo o esquema azul-marrou-verde. Mas sabe como é: você tem um boa foto, papeis todos coordenados e a inspiração. Ai não dá para resistir. Fiz rápido em poucas horas. Coisa de artista mesmo.

27 de ago de 2009

Prêmio BlogBooks : Salete Ferreira

O blog da missionária Sallete Ferreira, membro da Comunidade Canção Nova, foi um dos indicados ao primeiro Prêmio BlogBooks na categoria religião. Se ganhar, o conteúdo postando na página pessoal da consagrada será transformado em livro.

Em um pequeno comentário postado nesse espaço virtual, a cantora fala sobre sua participação e pede a colaboração daqueles que acompanham seu trabalho. “Conto com sua participação no voto e na divulgação para sua rede de amigos. O essencial é que um maior número de pessoas se encontre com Deus”, enfatizou a cantora.

Fonte :Redaçao CN

Já votei na Salete Ferreira. Conheço sua história, amo suas canções e sempre recebo muito quando ela Reza na TV Canção Nova. Indico para que vocês votem. Vale a pena ter o conteúdo do seu blog em livro.

Blog da Salete Ferreira aqui

Como votar : leia a instruções aqui

Twitter Encontro já existe nas páginas do nosso Álbum !

O que é Scrapbooking? Scrapbook é arte de juntar fotos e recordações em um álbum de uma maneira criativa, preservando memórias, eventos e histórias. Com criatividade podemos usar a mesma técnica para elaborar convites (nos mais variados temas), marcadores de livros, porta-retratos, calendários, capas de álbuns e cadernos. Histórico e Atualidade Os primeiros “álbuns” de scrapbook eram coleções de restos de papéis brilhantes, embalagens e cartões, organizados por tema ou tipo de material. O termo “scrapbook” vem de papéis coloridos brilhantes que eram chamados de “scrap” sendo originalmente os recheios dos primeiros álbuns. Tendo início há muitos séculos atrás, através de diários, jornais e livros. A arte de Scrapbook teve origem na Alemanha passando então para Inglaterra. No século XVII havia um tipo de “álbum” chamado de Commonplace Books, onde as pessoas escreviam poemas e anotações; estes diários eram feitos à mão. Outro tipo interessante era o “álbum dos amigos”, nesse “álbum” havia pensamentos e recordações, sendo costume na época colecionar cabelos dos amigos como lembrança. Nos Estados Unidos, a arte do Scrapbook chegou há mais de cem anos, desenvolvendo-se principalmente no norte da América, em regiões como Salt Lake City em Utah, onde se concentram muitas famílias da religião Mórmon. Veja alguns famosos que foram grandes fãs de scrapbook: • Rainha Victoria - tinha álbum de scrapbook exposto no Palácio Real. • Andy Warhol - pai da pop arte, começou colecionando fotos e recordações durante sua infância, elaborando 42 álbuns de scrapbook. • Mark Twain - filósofo americano (Joana D’arc) separava os domingos para seu hobby. Teve 57 diferentes tipos de scrapbook. • Thomas Jefferson - um dos maiores presidentes dos EUA, guardava em brochuras de couro, desenhos, notas, folhas secas e outras recordações. Seus “álbuns” são preservados em sua casa em Virginia, EUA. Hoje em dia A diferença básica entre os primeiros álbuns de scrapbook e os de hoje são as fotos. Por volta de 1880 quando a primeira câmera foi inventada, as fotos de família foram aparecer nos álbuns. Países como Inglaterra, Austrália, mas principalmente nos EUA, scrapbooking é uma arte expressiva que mostra fotos e recordações de uma forma segura e criativa em álbuns. Com o cuidado de usar papéis, colas, canetas e outros produtos livres de ácido, as páginas são decoradas com vários tipos de acessórios e textos/ histórias. A revista Time Magazine publicou que essa indústria cresceu de $350 milhões/ano em 1998 para mais de $1.4 bilhões/ano em 2002, e que ainda continua crescendo. Fonte: Pedaços: Scrabook Atelier
É isso ai . Antes do Twitter encontro acontecer estamos registrando as pessoas que irão fazer parte. É com carinho e muita emoção que faço cada página. Deus é Fiel. Desde que comecei a fazer scrapbooking deseja fazer um ábum para canção nova. Fiz um álbum 30x30 ( tamanho padrão) resgatando minha história , minhas raízes. Também fiz vários Mini -Álbuns para dar de presentes. A Nicole ganhou muitos. A Taty e Luiza também. Então em conversas sobre doar brindes para o encontro. Disse que faria um álbum . Decorado , sem fotos e a pessoa ganhadora colocaria suas fotos. Mas Porque não colocar as fotos de quem vai participar?
Espero que estejam gostando. Logo coloco mais páginas . Anime-se e faça o seu álbum . Não deixe as fotos em arquivos do computador. Sua história precisa estar ao alcance de seu olhar.

22 de ago de 2009

História Infantil , como trabalhar ?

Considero importante dividir bem a intenção pedagógica na hora de selecionar os livros e, tendo o cuidado de não torná-lo algo pesado para a criança, que está despertando para este universo das palavras. Atualmente, com os projetos Interdisciplinares , o livro é usado como fio condutor de um assunto. O que é excelente. Mas, o professor não pode esquecer no dia-a-dia da sala de aula , manter o espaço para uma leitura onde a criança naturalmente ao terminar uma tarefa ou brincadeira busque o livro, como um momento de tranquilidade e contando com sua essência interior . Creio que grande parte da agitação das crianças é a falta mesmo de uma rotina simples, onde ela esta consigo mesmo sem muito estímulo vindo do mundo adulto. No passado, as crianças mantinham a fase da infância por mais tempo, porque mais tempo elas estavam perto de si mesmas e mais em seu universo. É claro que é em casa que começa esta rotina. E veja bem. Estar tranquilamente com seus brinquedos, livros e imaginação. Não em frente ao computador, que estimula e produz cansaço mental . Enfim, cabe ao professor marcar o compasso do tempo da criança. Para isso a hora do conto é importante e a seleção dos livros adequados para cada idade. Para as professoras do Magistério , dividi de forma didática como trabalhar a história infantil com as crianças: 1. Hora do conto: momento de criar o hábito de ouvir uma história, sem interferência. Ás vezes comete-se o engano de permitir que a criança faça perguntas e faça comentários durante a história. É fundamental que a criança aprenda a ouvir, refletir, imaginar e criar suas próprias conclusões. No final da história, então você estimula comentários de acordo com o perfil dos seus alunos. 2. A História como fio condutor de um Projeto Interdisciplinar Exemplos: Plantas do Brasil , Bichos do Brasil , Érica e a Monalisa..etc 3. Histórias com contéudos de Valores éticos Exemplo: A Ética do Rei Menino de Gabriel Chalita, O que fazer ? deLiliana Iacoccac 4. História como Roteiro de um teatro Exemplo: Fábula da Formiguinha e o Floquinho de neve..etc Outras dicas legais :

Monteiro Lobato Memórias da Emília e

O saci

Antoine de Saint-Exupéry – O pequeno príncipe

Irmãos Grimm – A guardadora de gansos e

Os seis criados do príncipe

Ana Maria Machado – Cinco estrelas [antologia poética]

O menino que espiava para dentro

Ruth Rocha – Marcelo Marmelo Martelo e outras histórias

Quem tem medo de dizer não?

Rubem Alves – O país dos dedos gordos

Lagartixas e dinossauros

Sobre O Livro do Gabriel Chalita a Ética do Rei Menino coloco aqui uma resenha. Considero uma Obra Prima ,suas histórias são encantadoras , com raízes na filosofia , com a poéticasensível e bela do Gabriel . As crianças se identificam com os personagens e ouvir o CD , é uma aula de como contar uma história.

Resenha : Gabriel Chalita Um lugar encantado chamado o Reino Mágico da Consciência é o cenário escolhido por Gabriel Chalita para transmitir às crianças as noções de ética e boa convivência dentro dos preceitos de cidadania e humanismo.

Nesta fábula, ilustrada com os ricos desenhos de Graça Lima, animais, flores e frutos discutem o respeito às diferenças pessoais e sociais, a necessidade de agir com moderação e usar a razão para fazer escolhas que levem ao bem. Diz o autor: “Cada criatura foi criada para a Felicidade. Embora fossem absolutamente diferentes, tinham em comum a vocação à Felicidade. E a Felicidade se alcançava da forma mais simples possível.”

Chalita retoma, em A ética do rei menino, um dos temas recorrentes em suas obras: o fortalecimento da sociedadeetica-1.jpg através de uma educação que privilegie a convivência respeitosa, a harmonia familiar, o carinho pelo próximo.

Autor do prefácio do livro, o padre Marcelo Rossi lembra que uma das características importantes da obra é o enfoque dado ao amor, tema que, ao lado da ética, permeia todas as relações entre os personagens, “mesmo que sob a forma dos mais variados dilemas e conflitos pertinentes à aventura da existência”.

Os leitores também poderão ouvir a história na voz do próprio Gabriel Chalita, em três CDs, produzidos por Guto Graça Mello, que acompanham o volume.

Para saber mais sobre o autor do livro click aqui Fonte: Fotosquefalam

19 de ago de 2009

Mini Ábum e Livro : presente p/uma amiga

Estou muito animada com os projetos Mini Álbum para os casais amigos , terem junto com o livro : Quando o Casal Reza... Gostei tanto da ideia que criei alguns projetos. O primeiro já postei aqui . Este é o segundo. Estou usando a base um MA de holler em formato de agenda com divisórias. Os papeis são indianos lindos , que comprei aqui mesmo na loja da Silvana Speck. As flores ,que não me canso de fazer , com a técnica distress, e outros enfeites como fitas , cristais. Usarei argolas . Então o que acharam ? Eu gostei muito de fazer . Sobre o Livro Quando o Casal reza...
"Em Deus, existe solução para todas as situações do nosso matrimônio. E isso vai exigir de nós amor, paciência, misericórdia, perdão contínuo, perseverança. Um amor que nos faça capazes de dar a vida um pelo outro. Um casal, porque se ama, se une para fazer o outro feliz. A paixão quer ser feliz, o amor quer fazer o outro feliz. E Deus nos uniu para que façamos o outro feliz. É um amor exigente. Olhe para essa pessoa que Deus te deu hoje. Dar a vida por ela é a sua felicidade.(Ricardo Sá e Eliana )
Ricardo Sá coordena uma rede de Relacionamentos Cristão. Vale a pena você conhecer. É a Rede Gente de Fé. No seu blog tem mais informações. Dá uma olhada. Hoje a vida é corrida e sem espaço para encontros para conhecer-se realmente de forma mais profunda. Então ,por que não tentar encontrar uma pessoa para um relacionamento de compromisso por meio de uma Rede de Relacionamento? Tempos novos. Para saber mais aqui

18 de ago de 2009

Crianças ,arte , scrapbook!

Gabriela , Fazendo scrap na sala de artes
Alguns trabalhos dos meus alunos com técnicas variadas : Mixed Media , Scrapbooking e Desenho. Minha sala de artes para vocês conhecerem . Gosto de colocar os trabalhos nas paredes como um laboratório de experiências em arte. Não é a exposição didática com todas as informações do projeto. Mas é a história de cada criança através de sua arte. A relação com as crianças segue a Pedagogia do Amor, a dinâmica da Abordagem do Registro e a livre expressão. Ser educadora em arte é um grande presente que ganhei da vida! Releitura em Pastel
albúm
Trabalho da Mariana :Art journalismo

I Twitter Encontro !

Sou frequentadora assídua deste novo jeito de estar presente em tempo real com pessoas de todos os lugares,divulgando idéias,produtos e fazendo novas amizades.

No começo resisti. Mas aos pouco percebi que era um meio de saírmos dos "túneis escondidos do e-mail" ( nada contra, continuo usando ) para irmos às avenidas movimentas do Twitter.

Desta convivência, nasceu o I Twitter Encontro Na Canção Nova.

Além do Twitter o que temos em comum? Amor a Canção Nova e alegria de estar neste território Eucarístico. Mas o encontro não é só para quem já conhece Cachoeira Paulista. Você que já ouvi falar e acompanha a programação da TV Canção Nova será uma ótima oportunidade de fazer esta visita.

Vamos Celebrar a vida, a amizade, as vitórias de Deus.

No dia a dia do Twitter existem pessoas especiais que admiramos muito e que fazem programas na rádio e TV e também interagem com seus seguidores. São nossos convidados especiais: Gabriel Chalita , Eliana Ribeiro , Geise, Aline, Dunga .... Para o I Encontro de Twitters, estou fazendo um álbum em scrapooking. Vou postar só algumas páginas. Este álbum será sorteado em Dezembro. Espero que gostem. Estou amando fazer. Capa
Pág 1
Pag 2
O que é Twitter ?

Twitter é um Micro-Blogging, ou seja, uma ferramenta da rede-social que permite que as pessoas se comuniquem por meio de trocas mensagens instantâneas de até 140 caracteres respondendo a simples pergunta What are you doing?” (O que você está fazendo?).

São mensagens curtas em tempo real. Através dele você pode saber notícias do mundo ou trocar uma simples mensagem com seu amigo.

Vantagens de se ter um twitter:

  • Ficar sabendo das últimas notícias do mundo;
  • Os links mais interessantes ;
  • Opiniões sobre os mais diversos fatos e produtos;
  • Rotina e pensamentos das celebridades;
  • Conhecer pessoas que tenham os mesmo interesses que o seu;
  • Trocar conhecimentos;
  • Aprender mais coisas de diversas áreas, ou de seu maior interesse;
  • Comunicar com seus amigos, através de "Direct message" (Mensagem direta).
A fonte destas informações e como fazer seu cadastro no Twitter aqui

9 de ago de 2009

A arte de Contar Histórias

Este ano estou trabalhando com o Magistério (IEE).Inclusive. Uma nova experiência muito gratificante de formar aquelas que logo estarão em sala de aula fazendo a diferença com as crianças.

Quero mostrar a vocês um dos projetos no final do semestre, que foi maravilhoso em todos os aspectos . As respostas da meninas , os aprendizados, a alegria de ampliar os conceitos e a apresentaçao final.

Como contar história para crianças? Será que elas ainda tem interesses?

Introduzi o assunto apresentando vários tipos de livros de histórias. É preciso separar o livros paradidádicos dos livros de histórias. Dois momentos diferentes. A Hora do conto é despertar a magia e o encantamento de ler e viajar em mundos imaginários.

Livros paradidáticos são excelentes. Ajudam o professor a tratar assuntos de forma lúdica. Sabemos que um conceito apresentado por meio de histórias , são inesquecíveis.

Utilizei a história da Menina e o Pássaro , de Rubens Alvez, como um excercício de interpretação psicológica dos personagens e mensagem da história.

Escolhi a história do Abacaxi Miúdo que está no livro do Gabriel Chalita , a Ética do Rei Menino, para contar em sala. Elas não tinham o texto, só minha narrativa oral. Já contei esta história em várias turmas, diferentes idades. Sempre agrada e diverte.

Quando terminei de contar a história pedi a elas que contassem a história, agora em quadrinhos. Muitas diziam ter dificuldades de memorizar histórias para contar às crianças . Será?

Olhem o trabalho feito pela Viviane Oliveira:

Quando terminaram de desenhar ,contavam a história sem problema algum. Precisamos ainda aprofundar as técnicas. Mais um texto de apoio : Contar e encantar, pequenos segredos da narrativa da Cléo Bussatto.Alinhar ao centro

Imaginem meu estusiasmo, este clima favorável para o aprendizado , é que precisamos resgatar. A sociedade como um todo precisa devolver ao professor o seu papel de educador e formador de conhecimento .

Finalizando, entreguei à elas a Fábula da forminguinha e o Floquinho de Neve. Na última semana de aula, as alunas do Magistério apresentaram o teatro. Aqui vc confere as fotos .

Promessa cumprida à elas de comentar aqui nosso Projeto .

Valeu,Meninas! É um privilégio ser professora das turmas 401, 402 ,403 “O contador de histórias nos faz sonhar porque ele consegue parar o tempo nos apresentando um outro tempo”.Cléo Busatto Fábula ( aqui uma nova leitura da Fábula) A Formiguinha e o Floquinho de Neve

Certa manhã de inverno, uma formiguinha imprudente

afastou-se do formigueiro pelo meio da neve e nela prendeu seu pezinho.

Aflita, começou a pedir ajuda com a voz chorosa e cheia de auto-piedade, esquecida de sua imprudência inicial:

- Oh, Sol, tu que és tão forte, derrete a neve e desprende meu pezinho...

E o Sol, indiferente nas alturas, falou:

- Mais forte do que eu é o muro que me tapa!

Olhando então para o muro, a formiguinha pediu:

- Oh, muro, tu que és tão forte, que tapas o Sol, que derrete a neve, desprende meu pezinho...

E o muro que nada vê e muito pouco fala respondeu apenas:

- Mais forte do que eu é o rato que me rói!

Voltando-se então para um ratinho que passava apressado, a formiguinha suplicou:

- Oh, rato, tu que és tão forte, que róis o muro, que tapa o Sol, que derrete a neve, desprende meu pezinho...

Mas o rato, que também ia fugindo do frio, gritou de longe:

- Mais forte do que eu é o gato que me come!

Já cansada, a formiguinha pediu ao gato:

- Oh, gato, tu que és tão forte, que comes o rato, que rói o muro, que tapa o Sol, que derrete a neve, desprende meu pezinho...

E o gato, sempre preguiçoso, disse bocejando:

- Mais forte do que eu é o cão que me persegue!

Aflita e chorosa, a pobre formiguinha pediu ao cão:

- Oh, cão, tu que és tão forte, que persegues o gato, que come o rato, que rói o muro, que tapa o Sol, que derrete a neve, desprende meu pezinho...

E o cão, que ia correndo atrás de uma raposa, respondeu sem parar:

- Mais forte do que eu é o homem que me bate!

Já quase sem forças, sentindo o coração gelado de frio, a formiguinha implorou ao homem:

- Oh, homem, tu que és tão forte, que bates no cão, que persegue o gato, que come o rato, que rói o muro, que tapa o Sol, que derrete a neve, desprende meu pezinho...

E o homem, respondeu apenas:

- Mais forte do que eu é o Deus que te Criou!

Quase morrendo, a formiguinha rezou baixinho:

- Meu Deus, tu que és tão forte, que governas a morte, que mata o homem, que bate no cão, que persegue o gato, que come o rato, que rói o muro, que tapa o Sol, que derrete a neve, desprende meu pezinho...

E Deus, então, por AMOR a formiguinha , fez girar mais depressa o tempo e em dois minutos fez-se a primavera e no campo agora coberto de flores multicores estava derretida toda a neve , o frio, toda a prisão.

A formiguinha, porem, não arredou o pé de onde estava ate chegar o inverno seguinte, quando um outro floco de neve pendeu o

Pé que ela nunca tinha libertado.

(fonte :Tecendo Fio de Ouro)