19 de ago de 2013

Inspiration

Inspiração via http://thealteredpage.blogspot.com.br/2013/08/making-marks.htmlhttp://thealteredpage.blogspot.com.br/2013/08/making-marks.html

PORQUE NÃO!?

                                                            Via : Blog Nobre Vagabundo



Como lidar com os problemas?
Como tratar os envolvidos nos problemas?

São perguntas que tenho feito a mim mesmo nos últimos meses.
Algo que não deveria - mas muito comum - é que estamos sujeitos a decepcionar as pessoas mais próximas de nós. Justamente por estarem próximas, elas esperam algo bom de nossas atitudes.

Eu vou te contar uma das decisões mais difíceis, mas que trazem vida para as pessoas.

Perdoar liberta, é isso.

Quando alguém lhe faz algum mal, a reação natural é se irar. Mas no passado existiram alguns homens a quem admiro muito que me fazem repensar no meu foco de vida e em como lidar com as pessoas.

Uma delas é Shakespeare que disse "Quando você está com raiva, tem o direito de estar com raiva. Mas isso não lhe dá o direito de ser cruel."

A outra é Jesus Cristo que disse "Ame ao seu próximo assim como a ti mesmo."

Amar? Não ser cruel? Decisão difícil!

Mas quando paro para pensar em que impacto quero deixar no mundo e em como quero mudá-lo, transformá-lo, e ajudar as pessoas; então eu me desfaço de todo sentimento ruim.
Mas o que uma coisa tem a ver com a outra?
Simples. O perdão e o amor curam, transformam. O ódio adoece, também transforma, só que para pior.

Muitas pessoas chegam pra mim e dizem "você não deveria ter perdoado tal pessoa", "eu teria agido diferente" ou até "eu não conseguiria fazer o que você fez."
Então pergunto automaticamente para a pessoa: PORQUE NÃO!?

Se eu decidir me revoltar contra as pessoas ao meu redor que me fazem mal, nada vai mudar! O meu ódio por ela só vai aumentar mais e mais, e o dela por mim também. A partir do momento que se alimenta o ódio, ele só cresce! O sentimento vai criando elos cada vez mais fortes; eu vou odiar a pessoa, que vai me odiar e acabamos nos prendendo em um ciclo vicioso.
E quem ganha com isso? Ninguém. Ninguém mesmo.

Sabe o que se perde? A oportunidade de mudar uma vida. E muito provavelmente muitas outras também.

Vou explicar; quando decidimos perdoar os erros e amar a pessoa, nós quebramos esse elo maldito de ódio e aquilo gerará libertação na sua vida e na vida da outra pessoa. Você está dando oportunidade para a pessoa reparar o erro, se tornar melhor, maior. E isso muito provavelmente gerará frutos: ela vai repassar esse mesmo pensamento para outras pessoas. Perdoará outros e isso gerará uma corrente do bem.

Então, quebre essa corrente de ódio hoje e permaneça assim durante todos os dias da sua vida. Mude o seu mundo para que o mundo de outros possa ser mudado.


- Vinicius Neves

Lembranças ...



Olá ! Encontrei um blog cheio de poesia e reflexão que indico a vocês . Seu estilo é de uma leveza e transparência
que encanta , toca e nos faz ter saudades. Saudades de um tempo sem pressa , com mais toque , mais olhares .Ou um tempo em que nos sentíamos mais aconchegados . Vale a pena ler e curtir .
O poeta é o Vinicius Neves.

A NOSTALGIA QUE É VIVER





As lembranças nostálgicas são aquelas que nos perseguem até o fim de nossos dias
Acompanham filmes, lugares, fotos, cheiros, melodias
O toque do telefone que emaranhava os pensamentos e embrulhava o estômago
Para alguns restaram os passos dados ou a falta de atitude que hoje são guardadas do âmago

As loucuras dos dias jovens, das atitudes impensadas, dos sentimentos intensos
Das burradas feitas, dos sorrisos lançados, dos corações imensos

Sempre cabia um novo amor

É difícil envelhecer, né? Estou ouvindo uma banda que gostava quando era adolescente e a nostalgia é sempre imensa quando escuto.
Minha adolescência foi muito boa. Apesar dos sentimentos conturbados, foram os momentos mais intensos da minha vida.

A gente aguarda com tanta ânsia o momento de sermos donos do próprio nariz e conhecermos o mundo. Mas aí quando isso acontece outras prioridades vão aparecendo e o seu mundo vai se tornando outro. Admito, mais sem graça. Descobrimos que o mundo não é tão legal para se conhecer, e que a vida não é feita só de coisas boas e momentos marcantes.

Por isso é necessário viver intensamente e às vezes abrir mão da razão. Não deixar nenhum arrependimento pra contar história.
Mas as lembranças, as namoradas, os grandes amigos, os tombos, as expectativas, as novidades...

São coisas que só o tempo irá mudar...

Será?


- Vinicius Neves

                                  Blog: Nobre Vagabundo  http://www.nobrevagabundo.com/http://www.nobrevagabundo.com/